Em 2015, os homenageados serão:

João Carlos Martins (75 anos)
Maestro

 

Anna Maria Martins
Autora, cadeira nº 07 da Academia Paulista de Letras

 

Biaggio Mazzeo (91 anos)
O artista plástico, filatelista e esportista

 

Carlos Alberto Salvatore (98 anos)
Médico e pianista

 

Francisco Vilano (98 anos)
Barbeiro

 

Helio Silva (63 anos)
Plantador de árvores

 

Lygia Marques Kigar (96 anos)
Promotora humana

 

Marucha Freire (93 anos)
Cantora e professora de bridge

 

Nicette Bruno (82 anos)
Atriz e empresária teatral

 

Faça Memórias
O programa das arteterapeutas Juliana Naso e Cristiane Pomeranz, em parceria com o MuBE, que oferece cursos gratuitos de cultura e arte a idosos. Inspiradas no trabalho desenvolvido pelo MoMA, Museu de Arte Moderna de Nova York, aos idosos com Alzheimer, Juliana e Cristiane criaram ações culturais direcionadas a este público.

 

Em 2014, os homenageados foram:

Paulo Bomfim
É um poeta brasileiro, membro da Academia Paulista de Letras, conhecido como O Príncipe dos Poetas Brasileiros.
Iniciou sua carreira literária escrevendo no Diário de São Paulo, no Correio Paulistano e Diário de Notícias. Seu primeiro livro de poemas, “Antônio Triste”, lançado em 1946, com ilustrações de Tarsila do Amaral, recebeu o Prêmio Olavo Bilac, concedido pela Academia Brasileira de Letras, em 1947. Paralelamente, atuou como produtor de rádio e televisão. Foi curador da Fundação Padre Anchieta e presidente do Conselho Estadual de Cultura de São Paulo.

Escola de Pais – Padre Charbonneau
A Escola de Pais do Brasil é uma sociedade civil, de origem cristã, dirigida por voluntários. Um de seus fundadores é o Padre Charbonneau.
O objetivo da Escola de Pais é auxiliar os pais na educação de seus filhos, transmitindo conhecimentos básicos de psicologia e técnicas pedagógicas durante a realização dos círculos de debates, promovendo maior aproximação familiar e escolar na perspectiva de uma educação integral do ser humano.

Missão Belém – Padre Giampietro
A história da Missão Belém começou em 2005 na Arquidiocese de São Paulo, a serviço dos mais pobres, em especial do povo de rua. Sem qualquer pretensão política, é uma obra religiosa da Igreja Católica e que atua no Brasil e no mundo.
Fundada pelo padre Giampietro Carraro, que hoje tem permissão da Igreja para viver nas ruas e nas mesmas condições dos andarilhos. São 20 casas no Brasil e 80 em todo o mundo, como na Bósnia, Haiti e Itália. Mais de 11 mil pessoas já passaram pelas casas.

Vida Alves
É uma atriz brasileira, pioneira da televisão no Brasil. Atriz de rádio e TV, entrou para a história das comunicações por ter encenado com Walter Foster o primeiro beijo da televisão brasileira, na telenovela Sua vida me pertence de 1951.
Vida Alves apresentou durante a década de 1970, juntamente com Carlos Lemos o Programa Jogo do Som, transmitido por inúmeras emissoras em todo o país.
Desde 1995, quando foi fundada a Pró-TV,   Vida é presidente do Museu da TV  que tem o objetivo de preservar a memória dos pioneiros da televisão nacional.

Irena Sendler
(15 de fevereiro de 1910 – 12 de maio de 2008 ), também conhecida como "O Anjo do Gueto de Varsóvia“, foi uma ativista católica dos direitos humanos durante a Segunda Guerra Mundial.
Contribuiu para salvar mais de 2.500 vidas ao conseguir que várias famílias cristãs escondessem filhos de judeus no seio do seu lar e ao levar alimentos, roupas e medicamentos às pessoas barricadas no gueto com risco da própria vida.

 

Em 2013, os homenageados foram:

Sérgio Olímpio Gomes
Paulista de Presidente Venceslau, foi presidente da Associação Paulista dos Oficiais da Polícia Militar do Estado de São Paulo e diretor da Associação dos Oficiais da Polícia Militar do Estado de São Paulo. Como oficial, exerceu suas funções por 29 anos. É bacharel em ciências jurídicas e sociais, jornalista, professor de educação física, técnico em defesa pessoal, instrutor de tiro e autor de livros voltados para a questão da segurança. Foi candidato a deputado federal em 2002 e a vereador da cidade de São Paulo em 2004, sendo, em ambos os pleitos, primeiro suplente de sua legenda. Em 2006, foi eleito deputado estadual com 52.386 votos, tendo sido reeleito em 2010 com 135.409. É o atual líder da Bancada do PDT na Assembleia Legislativa

Frei Francisco
Frei Francisco - Padre Nélio Joel Angeli Belotti, fundou a primeira comunidade terapêutica para dependentes químicos Lar São Francisco de Assis na Providência de Deus, inaugurada no dia 4 de outubro de 1985, em Jaci, SP. O atendimento começou com apenas sete pacientes e uma equipe formada por voluntários. Em 27 anos de caminhada, mais de 30 mil dependentes químicos foram atendidos nos Ambulatórios espalhados pelo Estado de São Paulo. A maioria deles conseguiu se libertar do vício e se recolocar no convívio social. O trabalho da Associação e Fraternidade São Francisco de Assis na Providência de Deus engloba a gestão hospitais gerais e específicos (para portadores de multideficiências e idosos em fase terminal); serviços de saúde como Ambulatórios Médicos de Especialidades, Pronto Socorro, Farmácia de Alto Custo, entre outros; albergue, casa abrigo para doentes em tratamento de saúde, restaurante popular; comunidades terapêuticas de recuperação; ambulatório para diagnóstico e tratamento de álcool e drogas e projetos educacionais Semeando o Futuro, que tem como objetivo prevenir o uso de drogas pelas crianças e adolescentes. Além disso, mantém uma missão em Porto Príncipe, Haiti, que desenvolve atendimentos de saúde, educação e nutrição.

Professora Júlia Pavesi Liad das Neves
Aprovada em concurso público para o Magistério do Estado de São Paulo. Em 1945, lecionou para filhos de militares e presidiários de alta periculosidade na Ilha Anchieta, litoral paulista. Período em que o mundo vivia a Segunda Guerra Mundial(1939-1945),o qual a humanidade sofria com toda situação de fome, mortes e desamparo. Escreveu o livro "A ilha Anchieta e a Educação" contando a experiência de trabalho em um presídio.

 

Em 2012, os homenageados foram:


Henry Nekrycz, conhecido pelo pseudônimo de Ben Abraham, é escritor e jornalista. Polonês de Lodz, sobreviveu ao gueto de sua cidade natal e aos campos de concentração durante a ocupação alemã sobre seu país. Dentre 200 parentes seus, apenas ele e um primo sobreviveram. Em maio de 1945 foi libertado pesando 28 quilos, com tuberculose nos dois pulmões, escorbuto e disenteria com sangue. Após a queda do nazismo, o jornalista prometeu a si mesmo como objetivo de vida contar à humanidade o “capítulo de perseguições, atrocidades e matanças” instituído por Adolf Hitler. Miraculosamente conseguiu se recuperar. Em 21 de Janeiro de 1955, Abraham se estabeleceu no Brasil onde se naturalizou. Casou-se com Miriam Dvora Bryk e constituiu família. Por seu trabalho e quinze livros relacionados ao Holocausto, o jornalista recebeu inúmeras homenagens.


in memorian (1923) Cursou Faculdade de Belas Artes de São Paulo. Autor de diversos quadros em bico de pena, João retratou sua cidade natal, Goiás em grande parte de sua obra. Ilustrou os livros "Beco de Goyaz" e "Villa Boa de Goyaz" de Cora Coralina.


A Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo é uma instituição filantrópica e privada considerada um dos mais importantes Centros de Referência Hospitalar do Estado de São Paulo. Sua Sede (Hospital Central) está localiza-se na Rua Dr. Cesário Mota Junior, n.º 112, no Bairro Vila Buarque - São Paulo/SP. Momentos importantes da história da cidade passaram pela Santa Casa. A Irmandade recebeu os soldados da Revolução Constitucionalista, participando ativamente da “Campanha do Ouro para o Bem de São Paulo” e acolhendo a população carente com atendimento em todas as especialidades médicas existentes na época. Desde o início, dedicação à saúde em primeiro lugar. A Santa Casa é considerada hoje, o maior hospital filantrópico da América Latina e atende cerca de 8 mil pessoas diariamente em todas as especialidades médicas.


in memorian (1860 - 1928) Eduardo da Silva Prates, primeiro conde de Prates foi um negociante brasileiro, dedicado aos ramos imobiliário, bancário e férreo. Tornou-se proprietário da fazenda num período excepcionalmente favorável à expansão do café. Eduardo Prates era ativo homem de negócios, o capitalista de São Paulo, e, em 1895 se viu fazendeiro de café, proprietário da Fazenda Santa Gertrudes, considerada uma das mais importantes cafeeiras. Além da fazenda, dedicou-se ativamente as atividades comerciais importações e imóveis urbanos, bancárias, ao fomento da Companhia Paulista de Estradas de Ferro, da Companhia de Armazéns Gerais de São Paulo e ainda a outras companhias de transportes e indústrias, como a Companhia Paulista de Navegação e a Companhia Frigorífica e Pastoril de Barretos, além de contribuir com a municipalidade de São Paulo ao colaborar com o Plano Bulevar, modificando o ambiente e melhorando as edificações da Rua Líbero Badaró, sendo que sua maior contribuição foi nas negociações para que o solar dos Barões de Itapetininga, existente nesta rua, fosse doada para o município e assim transformar-se no Parque do Anhangabaú. Prates também foi presidente, em 1896, da Associação Comercial de São Paulo (ACSP), iniciando a luta contra o projeto de pagamento em ouro dos direitos aduaneiros, além de ter sido um dos fundadores do Automóvel Clube de São Paulo, da Sociedade Hípica Paulista e da Sociedade Rural Brasileira. O Conde também auxiliou, através da filantropia, instituições, tais como a Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, onde foi mordomo do hospital e irmão mesário, Orfanato Cristóvão Colombo, Igreja Santo Antônio e o Liceu Sagrado Coração de Jesus. Foi-lhe conferido o condado pelo Papa Leão XIII, título esse de duas vidas.


Joaquim Benedito Barbosa Gomes é advogado, professor, jurista e magistrado brasileiro. É o atual Presidente do Supremo Tribunal Federal, sendo portanto o atual chefe do poder judiciário brasileiro. Nasceu em Paracatu, noroeste de Minas Gerais. Aos 16 anos foi sozinho para Brasília, arranjou emprego na gráfica do Correio Braziliense e terminou o segundo grau, sempre estudando em colégio público. Obteve seu bacharelado em Direito na Universidade de Brasília, onde, em seguida, obteve seu mestrado em Direito do Estado. Prestou concurso público para procurador da República, e foi aprovado. Licenciou-se do cargo e foi estudar na França por quatro anos, tendo obtido seu mestrado e doutorado ambos em Direito Público, pela Universidade de Paris-II (Panthéon-Assas) em 1990 e 1993. Retornou ao cargo de procurador no Rio de Janeiro e professor concursado da Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Foi indicado Ministro do do STF por Lula em 2003.


Há 55 anos a Fundação Bradesco visita o amanhã, integrada ao hoje, inquieta e responsável, aliando ensino e qualidade de vida. Desenvolve propostas pedagógicas que levam em conta as reflexões contemporâneas sobre educação, nos segmentos de educação básica, profissional e educação de jovens e adultos. Procura implantar infra-estruturas que consideram os avanços tecnológicos, associados aos recursos das regiões onde estão suas escolas. Trata-se de um grupo de educadores, técnicos, supervisores, compondo a diretoria da Fundação e todo o corpo administrativo. São profissionais ativos, atentos, responsáveis pela gestão dos recursos, capacitação profissional e, sobretudo, pelo desenvolvimento de todo o projeto educativo.

CERTIFICADO PPDK:

 

Em 2011, os homenageados foram:


Paulo Saldiva é Professor Titular da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo e Coordenador do Laboratório de Poluição Atmosférica da USP. Participou do Seminário RespirAR da Rede Globo em São Paulo e mais de 300 eventos e seminários na área de Saúde Humana, Poluição Atmosférica e Patologia Pulmonar ajudando a divulgar como os impactos no meio ambiente prejudicam a qualidade do ar e de vida da população.


Mais conhecido como senhor Luigi, ele é assessor especial da presidência da Associação Comercial de São Paulo. Vindo da Itália após a Segunda Guerra Mundial, idealizou o Marco da Paz, um monumento para relembrar a humanidade dos horrores da guerra e um símbolo de comprometimento com a paz. O Marco da Paz já foi instalado em mais de 20 países e recebeu, recentemente, o apoio do Vaticano e do Papa Bento XVI pessoalmente.


Atualmente Ozires Silva ocupa a cadeira de reitor do Centro Universitário Monte Serrat (UNIMONTE) em Santos, litoral paulista. Com passagem pela presidência de grandes empresas, Ozires destacou-se por sua gestão na Petrobrás e principalmente por liderar a criação da Embraer, contribuindo para o fortalecimento da economia brasileira e da imagem do país no exterior.


in memorian (1920 - 2005) - O Papa João Paulo II é a homenagem in memoriam desta edição e será representado pelo Cardeal Arcebispo de São Paulo Dom Odilo Pedro Scherer. O pontífice da Igreja Católica foi recentemente beatificado e seu papado, entre muitas outras bênçãos, se destacou pelo seu esforço pela paz mundial e a fraternidade entre as religiões.

Medalhas da Sociedade de 32-MMDC:


Filho de um combatente da Revolução Constitucionalista de 32, dedicou 20 anos de sua vida ao tema Liderança, fundando o Instituto de Liderança do Brasil e debatendo o tema pelo mundo afora como conselheiro da Associação Internacional de Liderança.


Em seu quarto mandato como vereador pela cidade de São Paulo, o vereador já apresentou mais de 150 projetos de lei preocupando-se com o urbanismo, meio ambiente, proteção da infância, dos adolescentes e do idoso, educação e geração de empregos.


Vereador da cidade de São Paulo pela segunda vez e eleito presidente da Câmara Municipal de São Paulo em dezembro de 2010. Sob sua liderança houve a aprovação de diversas leis como a que reestruturou cargos e salários de funcionários das Secretarias de Educação e Saúde e a que criou a Corregedoria Geral do Município.


Gilberto Natalini é vereador de São Paulo há dez anos e já apresentou 197 projetos de lei abordando a Saúde e o Meio Ambiente, como o Programa de Monitoramento ambiental – PROMA, Programa de Apoio aos Portadores de Esclerose Múltipla, Programa de Envelhecimento Ativo, entre muitos outros.


Roberto Tripoli é vereador desde 1988 e sempre trabalhou em parceria com a sociedade civil organizada, lutando por uma cidade melhor, mais humana, onde todas as formas de vida sejam respeitadas e preservadas e já legislou sobre poluição do solo, aumento de áreas verdes e educação ambiental.


Deputado Estadual por São Paulo desde 2006 já foi considerado um dos parlamentares mais atuantes da Assembleia Legislativa, sempre calcando sua luta contra a corrupção e desmandos dos governos às classes policial e penitenciária, de professores, do transporte público e da Saúde, além de sempre se posicionar contra o flagelo da ecologia.


Por três décadas ocupou o cargo de procurador jurídico em grandes bancos e hoje volta às raízes de sua formação militando na área de Direito de Família. Integra os Conselhos Cívico e Consultivo da Associação Comercial de São Paulo e é membro titular do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo.


Há 33 anos na PM, ocupa também o comando do Centro de Altos Estudos de Segurança (Caes). Historiador e apaixonado por pesquisa é um grande estudioso da Revolução de 32, é frequentemente consultado para produções de novelas e obras televisivas, além de já ter escrito uma peça músico-teatral sobre o tema apresentada em mais de 30 cidades brasileiras.


Dona Lygia é viúva de Paul Donovan Kigar e está hoje com 92 anos de idade muito bem vividos, sempre apoiando as causas de seu marido e posteriormente de seu filho Malcolm Forest. Apesar de criada no Rio de Janeiro, dona Lygia viveu e simpatizou com a Revolução Constitucionalista de 1932 e por isso recebeu o apelido de “paulistinha”.

 

Em 2010, os homenageados foram:


in memorian
(1552-1613) - Destacou-se por servir a Deus no amor ao próximo e por seu espírito de liderança que conquistou seguidores em todo o mundo; Fundadora da Congregação de Sta. Catarina hoje com 12 hospitais, 5 escolas e mais de 30 obras sociais e projetos de apoio espalhados pelo Brasil e no mundo; Foi beatificada por Papa João Paulo II durante sua visita à Polônia, em 1999, na cidade de Varsóvia.


in memorian (1867-1941) - Grande líder humanista e defensor do meio ambiente. Destacou-se pela prática do trabalho em equipe e da vida ao ar livre. Tornou-se um exemplo de altruísmo, responsabilidade, respeito e disciplina ensinando valores de sustentabilidade, respeito ao próximo e ao meio ambiente. Em 1907 fundou na Inglaterra, o Movimento Escoteiro. O Escotismo chegou ao Brasil em 1910 e este ano completa seu centenário.
Em 1924 fundou também a União dos Escoteiros do Brasil – UEB. Atualmente existem cerca de 60.000 escoteiros filiados à União dos Escoteiros do Brasil. Baden-Powell é nome público, obrigatório, recorrente e imprescindível na luta e na defesa pelo desenvolvimento juvenil.


in memorian (1854-1937) - Grande exemplo de empreendedorismo que se destacou através de sua contribuição ao desenvolvimento da nação humana no setor industrial do Brasil construindo mais de 365 fábricas e tornando São Paulo e o Brasil um pólo industrial. Inaugurou o Hospital Matarazzo que na década de 50 passou a ser referência na formação de profissionais, sendo sua maternidade considerada a melhor da America do Sul; Construiu a Universidade Francisco Matarazzo onde hoje está sediado o Palácio dos Bandeirantes. Em 1928, Francisco Matarazzo participou da fundação do Centro das Indústrias de São Paulo, atualmente conhecida como FIESP. Seu neto Ermelino Matarazzo, seguindo seu exemplo construiu um edifício que abrigou a sede de suas indústrias: O Edifício Matarazzo que hoje é conhecido como Palácio do Anhangabaú e abriga, desde 2004, a sede da prefeitura.


in memorian (1861-1928) - Construiu o primeiro aparelho de rádio do mundo: o Transmissor de Ondas" e fez a 1a. transmissão de rádio do mundo, da Avenida Paulista para o Alto de Santana. Também inventou a televisão, o microfone e a depois denominada fotografia Kirlniana no início do século 20, muito antes dessas invenções serem anunciadas ao mundo. Criou as primeiras versões de controle remoto no século 19. É considerado um dos precursores da fibra óptica, por utilizar a luz como meio de transporte de informação.


Um exemplo de vida, cidadania e benemerência. Exerceu forte liderança pelo progresso da cidade, principalmente pela Educação e Assistência social. É promotora do progresso não violência. Foi a primeira professora de Bataguassu em Mato Grosso do Sul.


Pioneira em agroecologia no Brasil. Publicou sete livros e foi co-autora de outros dois, cujo foco comum de todos eles é o manejo ecológico na utilização dos recursos naturais adequados ao clima e ao solo. Grande defensora do meio ambiente.

 

 

Em 2009, os homenageados foram:


90 anos de determinação - Primeira aluna cega a freqüentar curso regular. Percebendo a carência de livros em Braille no Brasil, foi a principal fundadora, em 1946 da Fundação que leva seu nome e que possui uma das maiores editoras Braille do mundo, com produção em larga escala e equipamentos de grande porte. Sempre lutou para o desenvolvimento e integração social dos deficientes visuais, trabalhando para facilitar a inclusão de pessoas cegas e de baixa visão por meio de serviços e produtos especializados.

sua medalha foi entregue pelo ex-combatente da Revolução Constitucionalista de 32, Capitão Gino Strufaldi de 95 anos de idade.


pela sua constante luta em defesa do meio ambiente, principalmente da Amazônia. Na ocasião, a Senadora estará na Dinamarca, participando da Conferência Mundial Sobre o Clima. Devido à sua justificada ausência, designou para substituí-la e receber a homenagem em seu nome, a senhora Regina Gonçalves, vereadora, presidente do PV.

Enviou mensagem de Copenhague onde participa da Conferência Mundial Sobre o Clima, através da sua representante no Ato, Regina Gonçalves, presidente do PV, A Pesquisadora Científica do Instituto Florestal de São Paulo fez a entrega do VI Prêmio Paul Donovan Kigar.


nascido em 1922, o paulistano tem em seu currículo vários prêmios e condecorações, dentre os quais o Prêmio UNESCO na categoria Ciência e Meio Ambiente (1999). Um dos fundadores do Departamento de Ecologia Geral, do Instituto de Biociências da USP, o naturalista foi convidado para dirigir e organizar a Secretaria Especial do Meio Ambiente (SEMA) cargo que exerceu por 12 anos (1974-1986) no âmbito do Ministério do Interior e depois do Meio Ambiente e Habitação, onde criou e estabeleceu 3 milhões e 200 mil hectares de 26 Estações e Reservas Ecológicas, além de 1 milhão e meio de hectares em áreas de proteção ambiental. Foi fundador do CONAMA Conselho Nacional do Meio Ambiente, pertenceu à Comissão Brundtland das Nações Unidas (1983-1986) sobre o Meio Ambiente e Desenvolvimento, onde foi um dos 2 representantes da América Latina. Foi 2 vezes eleito vice-presidente do Programa O Homem e a Biosfera da UNESCO. É presidente da Associação de Defesa do Meio Ambiente e, desde 92, da Fundação Florestal de São Paulo.

O vereador Aurélio Nomura foi o portador da premiação ao pioneiro do meio ambiente no Brasil. Na ocasião, Paulo Nogueira foi amplamente aplaudido pelas suas conquistas na área.


(in memorian) - casada por 46 anos com Juscelino Kubitschek, foi fundadora da Organização das Pioneiras Sociais que realizou notável obra assistencial em Minas Gerais e depois no Rio de Janeiro. Fundou escolas, creches e hospitais, como o Centro de Pesquisas Luiza Gomes de Lemos, no Rio, especializado no tratamento de Câncer da mulher; o Hospital Júlia Kubitschek, um dos maiores de Belo Horizonte e em Brasília, o Hospital Sarah Kubitschek, internacionalmente conhecido. Também é responsável pelos hospitais-volantes, na maioria dos estados brasileiros e dos hospitais flutuantes, adquiridos na Alemanha para a Amazônia.

Representada pelo sobrinho-neto José Tomas Vasconcelos Pontes que destacou o fato de D. Sarah ter sido responsável pela implantação dos hospitais-volantes, na maioria dos estados brasileiros e dos hospitais flutuantes, na Amazônia.


é uma organização não governamental, sem fins lucrativos, com escritórios em 15 países, status consultivo junto a ONU e ao Conselho Europeu, trabalhando há mais de 27 anos em prol do bem estar animal. Sua visão é a de um mundo onde o bem estar de animais importe e a crueldade contra eles não mais exista, construindo um movimento global e unido. Sua frente de trabalho é ampla e diversa e inclui projetos educativos, campanhas de conscientização, suporte técnico, resgate e mobilização constante para a criação e aplicação de leis específicas de proteção aos animais. Seu trabalho é abrangente e têm sido intenso no combate às touradas, às caças às baleias, aos problemas dos ursos e orangotangos, ao tráfico de animais silvestres, às exposições de animais em circos, aos maus tratos em geral, à proteção e assistência a cães e gatos, além de valiosos auxílios em desastres naturais.

A maior federação de organizações de proteção animal do mundo foi representada pelos seus diretores Internacional e do Brasil, Michel Baker e Antonio Augusto B. M. Silva. Além de fazer a entrega do Prêmio, o vereador Roberto Trípoli, elogiou suas importantes conquistas no bem estar animal.


pelo trabalho de denúncia e defesa do meio ambiente. Representando cada segmento jornalístico:


veículos de comunicação internacional - Markets (pela matéria Plundering the Amazon, por Micheal Smith e Adriana Brasileiro);

Foi representada pelo seu correspondente na América do Sul, Michael Smith, que é co-autor com Adriana Brasileiro da matéria Plundering the Amazon (Pilhando o Amazonas). O Conselheiro de Honra ao Mérito do Prêmio, Jorge Landmann, realizou a homenagem.


jornais ambientais;

Recebeu a homenagem do Diretor do Instituto Florestal de São Paulo, Rodrigo Victor, que destacou o trabalho do jornal nas conquistas da Reserva da Biosfera do Cinturão Verde da Cidade de São Paulo.


jornais diários;

Seu Editor Executivo, Ari Schneider ressaltou a importância do Jornal nas matérias que publicou pioneiramente e continua a veicular sobre o meio ambiente e sustentabilidade, nos últimos 30 anos, sendo homenageado pelo empresário, educador e historiador José Carlos de Barros Lima, do MMDC.


emissoras de rádios;

Esta emissora independente continua dando ênfase, principalmente através do Programa Gente Que Fala, ao tema da premiação, com a participação de radio ouvintes. Fabiana Delfiol e Fausto Camunha foram homenageados por Ana Luiza dos Anjos Garcez, ex-menina de rua, atualmente recuperada pelo esporte e que participou dentre outras, das maratonas de Nova York e Japão (Tóquio).


programas de televisão;

Sua Editora-Chefe, Vera Lúcia Diegoli, fundadora e há 18 anos na direção do programa é uma defensora atuante da nossa fauna e flora o que seu programa enfoca com grande respeito e dignidade, oferecendo soluções técnicas para os problemas ambientais, além de denúncias. Na oportunidade, o ex-deputado estadual, José Roberto Faria Lima, foi o portador do Prêmio a que fez jus.


revistas;

O representante da homenageada, Ricardo Pakness de Almeida, Diretor de Marketing do Grupo Veja, agradeceu o Prêmio enquanto eram projetadas capas da revista que destacaram os desmatamentos e aquecimento global. O oferecimento da Medalha e do Diploma foi feito por Heitor Marzagão, presidente do Movimento Defenda São Paulo.


emissoras de TV

Pelos programas Globo Repórter, Globo Rural, Ação, Fantástico, Globo Ecologia, Globo Comunidades e Jornalismo, recebeu o Prêmio do Grupo Gaiteando, formado por crianças em situação de risco sob orientação do Professor Fabiano Leal Santana do Colégio Claretiano.

 

Em 2008, os homenageados foram:


única mulher da lista de 18 diplomatas que ajudaram a salvar judeus durante a Segunda Guerra, o nome da brasileira Aracy consta de placa no Jardim dos Justos do Museu do Holocausto, em Jerusalém. Aracy, viúva do escritor Guimarães Rosa, é uma mulher corajosa que lutou contra o nazismo na Alemanha e a ditadura no Brasil. Centenária, com Mal de Alzheimer, já não se lembra do seu passado glorioso de verdadeira cidadã do mundo.


(in memoriam) -
sucessor de Ciccillo Matarazzo na presidência do Conselho de Honra da Bienal de São Paulo, fundador do Museu de Arqueologia e Etnologia da USP e outras realizações culturais que o fizeram merecedor de condecorações dos governos peruano, chileno, colombiano, alemão, dentre outros. Sua contribuição às economias do Brasil e da Colômbia, especialmente do setor cafeicultor, tem o reconhecimento dos 2 países.


representados pelo COMITÊ PARAOLÍMPICO BRASILEIRO - CPB que fundado em 1995, objetiva consolidar o movimento em nosso País e é responsável por avanços na modalidade.


representada por HOSPITAL SÍRIO-LIBANÊS E COLÔNIAS SÍRIA E LIBANESA HOSPITAL ALBERT EINSTEIN E COLÔNIA ISRAELITA HOSPITAL OSWALDO CRUZ E COLÔNIA ALEMÃ
A grande contribuição das colônias de imigrantes estrangeiros materializou-se em hospitais de excelência. Os 3 hospitais homenageados são exemplos de iniciativas de pessoas que entenderam a necessidade de liderar um processo de construção de hospitais em um Brasil totalmente carente há 100 anos atrás. O trabalho filantrópico e voluntário continua e cresce até os nossos dias.


representada por THEODOSINA ROSÁRIO RIBEIRO - 1a., vereadora (eleita em 68) e 1a. deputada federal (eleita em 70) negra - trabalha intensa e especificamente pelo exercício da cidadania, participação, inclusão e defesa dos interesses da comunidade afro-brasileira.

Em 2007, os homenageados foram:


médica pediatra e sanitarista, que há 25 anos se dedica à Pastoral da Criança, programa brasileiro fundado por ela, que mais salva vidas de crianças pobres em nosso País.


(in memoriam) -
grande incentivador das artes brasileira fundou em 1.946 o Museu de Arte Moderna de São Paulo e, em 1.951, a Bienal Internacional de Arte de São Paulo, entidade que presidiu até a sua morte em 16 de abril de 1.977. Foi também um dos fundadores do Teatro Brasileiro de Comédia - TBC e dos estúdios da Companhia Cinematográfica Vera Cruz. O Prêmio foi recebido por Jorge Landmann.


Fúrio Franceschini (in memoriam) - italiano naturalizado brasileiro, o maestro e organista foi Mestre de Capela da Catedral da Sé, por 60 anos . Como compositor de mais de 600 músicas, a maioria sacras, sua obra ganhou prestígio internacional. Foi mestre de muitos pianistas de expressão como Guiomar Novaes. O Prêmio foi recebido por seu filho, Dr. Manoel Antonio Vicente de Azevedo Franceschini.


Irmã Célia Cadorin e Ordem das Irmãzinhas da Imaculada Conceição - São as maiores responsáveis pela postulação e canonização de Frei Galvão e de Madre Paulina, primeiros santos brasileiros.


fundadora da Associação Pró Excepcionais Kodomo no Sono, entidade que abriga 100 internos e de obras assistenciais para idosos e que, aos 97 anos, dirige pessoalmente até hoje. As entidades tem ampla atuação dos próprios abrigados nas tarefas diárias e se orgulham de aproveitarem todos os resíduos gerando lixo zero. O Prêmio foi recebido por seu filho, o Dr. Makoto Iguchi.


agricultor que desde 1.930 vem pesquisando o palmito Juçara, espécie em extinção. Conseguiu seu cruzamento com a palmeira Açaí, nativa da região amazônica, e que pode ser cortada sem prejuízo para a natureza, pois cresce rapidamente. O palmito híbrido, assim obtido, está sendo comercializado, permitindo sua sustentabilidade. Sua contribuição para a plantação de banana no Vale do Ribeira, maior produtor dessa fruta, também é muito significativa.


(in memoriam) -
ativo no Círculo Operário, muito colaborou com os trabalhadores mais humildes, transmitindo suas mensagens em programa que comandava na Rádio 9 de Julho, enfrentando problemas na época dos militares. Cuidou de seus funcionários e auxiliares, tanto na área profissional como na pessoal e espiritual. Possuidor de grande censo de humor, usava-o de forma construtiva. O Prêmio foi recebido por seus filhos, noras e netos.


(in memoriam) -
é considerado o pai da imigração japonesa. Dedicou sua vida em prol dos imigrantes. O Prêmio foi recebido pelo Sr. Kazunori Yasunaga, guardião do Memorial do Dr. Shuhei Uetsuka em Promissão, São Paulo.


Em 2.008 celebra-se o centenário da imigração japonesa e o bicentenário da vinda da corte portuguesa para o Brasil.

1- Aos imigrantes japoneses que deram ao Brasil, exemplo de trabalho, honradez, perseverança e paz. O Diploma de Honra ao Mérito foi recebido pelo Prof. Dr.. II-Sei Watanebe, da USP, em nome dos promotores da Comemorações Oficiais do Centenário da Imigração Japonesa.

2- D. João VI (in memoriam) que transferiu a sede do reino e a corte para o Brasil. Responsável por inúmeros benefícios, o Príncipe Regente, Cavaleiro da Ordem de Cristo, foi o único monarca europeu a vir para a América. Criou instituições seculares de referência internacional. A homenagem estende-se aos Correios, à Liberdade de Imprensa, à Imprensa Oficial, ao Banco do Brasil e ao Livre Comércio.


pelo seu trabalho pela paz mundial e o entendimento entre povos e etnias.

 

Em 2006, os homenageados foram:


(1892-1982) Paulistana, foi uma das pioneiras da medicina feminina no Brasil; muito atuante na ajuda aos feridos e apoio a famílias de combatentes nos episódios de 1932. Primeira brasileira eleita para cargo de Deputada Federal (1933) e única mulher a assinar a Constituição de 34. Foi reeleita pelo Partido Constitucionalista.


(1859-1944) Nasceu em Lorena, São Paulo. Grande benemérito. Professor de História e Geografia; acadêmico da Escola de Direito do Largo São Francisco; sócio fundador do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo. Parlamentar; idealizador da USP, da Faculdade de Medicina de São Paulo e do Museu do Ipiranga; colaborou na instalação do Liceu Coração de Jesus e do Colégio Nossa Senhora de Sion; participou intensamente de inúmeras obras sociais, abrigos e escolas para pessoas desamparadas. Foi responsável pela vinda, a São Paulo de Madre Paulina, futura primeira santa brasileira; compôs o Hino Oficial da Padroeira do Brasil.


Mulher negra, a cozinheira Maria José Bezerra da família Penteado Mendonça, abandonou seu ganha pão para ingressar na guerra civil, alcunhada de "Maria Soldado". Alistou-se, fazendo-se passar por homem para poder lutar pela causa da constitucionalidade brasileira; exemplo maior de mulher voluntária no Movimento Constitucionalista de 32. Sobre ela o jornal A Gazeta (5/9/32) assim referiu-se: "Uma mulher de cor, alistada na Legião Negra, vencendo toda a sorte de obstáculos e as durezas de uma viagem acidentada, uniu-se aos seus irmãos negros em pleno entrincheiramento na frente do sul, descrevendo a página mais profundamente comovedora, mais cheia de civismo, mais profundamente brasileira, da campanha constitucionalista, ao desafiar a morte nos combates encarniçados e mortíferos para o inimigo, MARIA DA LEGIÃO NEGRA! Mulher abnegada e nobre da sua raça".


(1872-1934) Paulista, mecenas, incentivadora da cultura brasileira, especialmente da Semana de Arte Moderna de 22. Participou de um sem número de obras sociais. Grande líder, foi exemplo edificante do voluntariado feminino de 32.


(1864 - 1932) nascido em Porto Alegre, Rio Grande do Sul, criado em São Paulo, onde se formou advogado pela Faculdade do Largo São Francisco.Fundador do Conservatório Dramático e Musical de São Paulo; principal promotor da construção do Theatro Municipal de São Paulo; promoveu a encampação do Viaduto do Chá pela municipalidade. Na palavra de Mário de Andrade, foi o "inventor" da Academia de Belas Artes de São Paulo e um dos fundadores da Academia Paulista de Letras, dentre outras realizações nos campos do teatro e da música.


(1879 - 1963) nasceu em Santa Bárbara d'Oeste, São Paulo; idealizadora da Cruzada Pró Infância; trabalhou na Cruz Vermelha norte-americana durante a I Guerra Mundial; deu assistência às famílias dos combatentes no Movimento Constitucionalista de 32; fundou a Casa Maternal e o Hospital que hoje leva o seu nome. Muito contribuiu para a saúde da mulher e o combate da mortalidade infantil em nosso país.

Homenagem Especial:


Paulistano, filho de imigrantes russos. Aos 92 anos surpreende pela sua vitalidade. Formado em direito pela Faculdade do Largo de São Francisco; foi repórter do jornal O Estado de S. Paulo; defendeu imigrantes europeus impedidos de entrarem no Brasil, quando tentavam fugir da II Guerra Mundial. Fundador da Metal Leve, empresa que muito contribuiu para o desenvolvimento da indústria automobilística nacional; Secretário Estadual da Cultura; membro da Academia Brasileira de Letras. Colecionador de livros extraordinaire, desde os 13 anos. Há hoje milhares de raridades brasileiras em sua biblioteca particular, a maior do Brasil. Seu acervo, no entanto, foi por ele doado à USP, sendo que, no mesmo dia em que recebe o Prêmio Paul Donovan Kigar, estará lançando a pedra fundamental da nova biblioteca que abrigará a coleção.

Esportistas Campeões do Mundo Homenageados Por Ações Humanitárias e Sociais (representando todos que contribuem nas suas modalidades):


Ana Beatriz Moser - Presidente do Instituto Esporte Educação, pelas suas conquista no volei brasileiro e títulos mundiais e pelo importante trabalho que desenvolve no Instituto Esporte Educação


Marcos Evangelista de Moraes, o Cafú, atualmente jogando no Milan, Itália, pelos grandes títulos que ganhou no futebol e pelo trabalho na Fundação Cafú.


Raí e Leonardo, campeões de futebol, atualmente morando na Inglaterra e que realizam exemplar trabalho na Fundação Gol de Letra e na Fondazione Milan


A muito querida jogadora de basquete que, além de seus inúmeros títulos esportivos, dá sua contribuição social através do Centro de Formação Esportiva Janeth Arcain.


Velejadores que além de defenderem no exterior a Bandeira do Brasil, praticam cidadania no Instituto Rumo Náutico - Projeto Grael.


veja mais detalhes

Em 2005, os homenageados foram:


(1911-2001) Fundadora da Rede Feminina de Combate ao Câncer. Ajudou a criar o Hospital do Câncer e dedicou sua vida a crianças e adultos doentes, levando alegria, apoio e esperança


(1926 - 1996) Deficiente física desde os 20 anos de idade, fundadora da Fraternidade Cristã de Doentes e Deficientes do Estado de São Paulo, onde atuou por 10 anos. Viajou por todo o Brasil, difundindo esperança e dando exemplo. Foi um testemunho vivo de inesgotável fonte da vida


(1873 - 1932), Júlio César Ribeiro de Sousa e os pioneiros do ar Considerado o "pai da aviação", Alberto Santos Dumont é o maior inventor brasileiro, símbolo nacional e um dos que mais amou seu país e a humanidade. A homenagem aos pioneiros do ar dará destaque a Júlio César Ribeiro de Sousa, inventor do dirigível em 1881


(1875 - 1955) Jornalista, fundador de Voz de Diamantina e do Pão de Santo Antônio, abrigo de idosos, pioneiro em Diamantina, Minas Gerais. Dedicou sua vida ao amparo da velhice desvalida e aos pobres


(1923 - 2004) Voluntário benemérito da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo. Interessou-se pela Revolução Constitucionalista de 1932, reunindo um acervo de mais de 4 mil volumes. Fez doação desta biblioteca, a maior do mundo, sobre o tema, ao Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo, para criação do Memorial 32


(1913 - 2004) O "Diamante Negro". Um dos maiores futebolistas de todos os tempos. Detentor do recorde mundial de gols em jogo de copa do mundo. Criador da famosa "bicicleta". Figura humana notável


(1921 - 1997) Intelectual; para muitos, o maior educador do século XX


(1894 - 1955) Escultor, destacado por suas obras em São Paulo, verdadeiros cartões postais da cidade, como o Monumento às Bandeiras, no Parque do Ibirapuera


veja mais detalhes

Os primeiros homenageados em 2004 com o Prêmio Paul Donovan Kigar foram:


Líder comunitária que obteve da UNESCO o tombamento do Cinturão Verde de São Paulo como uma Reserva da Biosfera


Defensor das tradições da Zona Norte, da Serra da Cantareira, da Capela de São Sebastião do Barro Branco e fundador do jornal A Gazeta da Zona Norte


Foi Procurador Geral do Estado de São Paulo. Grande articulador e promotor da restauração da Igreja e da Escola do Pátio do Colégio em São Paulo, local da fundação da cidade


Professor catedrático na New York University. Sábio, epígrafo, decifrou a inscrição fenícia da Pedra da Paraíba


Sacerdote da Companhia de Jesus. Autor de inúmeras obras históricas e religiosas. Foi postulador da causa de canonização do padre José de Anchieta tendo liderado o processo de sua beatificação


Membro do Instituto Histórico e Geográfico, escreveu mais de 2000 artigos e crônicas, em japonês e em português, sobre a história brasileira. Traduziu para o japonês Os Sertões de Euclydes da Cunha

 

Copyright © 2004-2014 by Malcolm Forest - Todos os direitos reservados